A história do álbum mais recente do espanhol C. Tangana começou com o som de “s”. El Madrileño, nome do disco, surgiu como apelido da persona que o então rapper criou numa de suas viagens ao México. Ele conta que estava batendo papo numa brecha entre gravações e shows quando alguém fez piada com o seu sotaque. “Ele estava falando assim”, diz Tangana, acentu...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários