A decisão da Justiça Federal sobre o fim do uso de vídeomonitoramento para autuar situação como a falta do uso de segurança, uso do celular e excesso de velocidade é vista com maus olhos por Fernando Santana, secretário municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade. Segundo Santana, as câmeras tinham conttibuido na diminuição de 100 autuações diárias em regiões como a...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários