A delegada Rafaela Azzi, adjunta da Delegacia de Investigações de Homicídios (DIH), conclui nos próximos dias as apurações a respeito da suposta rede de apoio formada por fazendeiros e empresários que teria dado apoio a Lázaro Barbosa de Souza em sua fuga após a chacina de uma família em Ceilândia (DF). Rafaela deixou a DIH e assumiu a titularidade da Delegacia E...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários