Depois de fazer história ao ser o apresentador mais jovem na bancada do Jornal Nacional, o jornalista Matheus Ribeiro, da TV Anhanguera, já está de volta a Goiânia. E ele esteve aqui na redação do O POPULAR e participou do quadro 'No Sofá com Frank Martins', onde contou um pouco do aprendizado e do desafio que foi apresentar o jornal televisivo de maior audiência do país, ao lado da paraibana Larissa Pereira.

"Me faltam palavras para descrever que alegria foi representar o Estado de Goiás e ser o porta-voz dos goianos lá no JN. Tô muito feliz. É uma rotina muito interessante e mostra como o Jornal Nacional funciona. São muitas engrenagens e peças que funcionam de forma articulada para colocar no ar o jornal de maior audiência do país", contou o jovem de 26 anos.

Para a apresentação no último sábado (9), Matheus passou quase uma semana no Rio de Janeiro participando da produção e da rotina no telejornal. "Eu cheguei no Rio na terça. Na quarta, passei a acompanhar a rotina de produção do JN, que começa pela manhã, às 11h, onde tem uma reunião de pauta em que o país inteiro oferece reportagens para o jornal. Saímos para o almoço e depois retornamos às 15h para uma outra reunião onde é montado o espelho do programa, quando montamos o cardápio, tipo quando juntamos todos ingredientes (informações) para fazermos os pratos (as notícias) do que será apresentado à noite. Cada editor vai cuidar da sua reportagem, apurar as informações e ficar em contato com o repórter ou com a emissora que está produzindo. Depois tem a gravação das chamadas e até chegar às oito e meia da noite quando o jornal vai ao ar", explicou.

O jornalista contou que tanto o 'chefe' William Bonner como toda a equipe do JN receberam ele e a sua parceira de bancada Larissa Pereira com muita atenção e isso deixou os dois muito à vontade. "Ele (Bonner) me falou algo muito legal. Matheus, aproveite este momento para representar o seu Estado, para representar os telespectadores, mas aproveite também enquanto profissional, enquanto jornalista, pois isso aqui será único".

Matheus contou que na quinta e na sexta que antecederam a sua participação ele estava um tanto quanto nervoso, mas que no sábado ele estava com uma tranquilidade absurda. "Fiquei mais tranquilo no sábado quando apresentei que na sexta quando fui entrevistado e apresentado pelo Bonner. Foi bem legal contar para o país o que fazemos aqui no jornal."

Durante a conversa no sofá, que contou com a participação dos leitores do O POPULAR, uma web-espectadora perguntou se apresentar o JN deu mais garra para alcançar novos horizontes. Sereno como sempre, Matheus explicou que a alegria do jornalismo não é chegar a algum lugar, mas seguir caminhando. "É um momento de muita alegria e de muita satisfação de representar os goianos e isso serve de combustível para seguir trilhando. Eu volto para o Jornal Anhanguera mais feliz e mais animado com o que faço aqui. É um momento de maior ânimo e disposição minha e da equipe", disse Matheus.

Por fim, ao ser perguntado sobre propostas dentro do próprio grupo e de fora, o jornalista disse que está muito animado e feliz em trazer essa disposição do momento para o Jornal Anhanguera 2ª edição. "Tenho já 4 anos de história no JA2. Tenho um contato e uma conversa com os goianos de uma forma tão legal. Já produzimos tanta coisa bacana. Temos uma relação íntima com o nosso público. E hoje o meu coração tá tomado por essa disposição em trazer toda empolgação para o JA2"

"Eu tive aqui nesta emissora e com essa equipe uma confiança, um espaço e uma liberdade que são fundamentais para a gente poder desenvolver um bom trabalho. Eu tenho orgulho desta casa, eu tenho orgulho de pertencer ao Grupo Jaime Câmara, e um problema de cada vez. Vamos caminhando com o tempo. Hoje o meu objetivo é seguir trabalhando para fazer um JA2 cada dia melhor", falou Matheus, que encerrou a entrevista com o seu tradicional 'tchau, brigado'.