A linha 2022 do  Polo e do Virtus  passa a contar com a  central de infotainment VW Play como item de série nas versões Comfortline, Highline e GTS.  Ela já traz o app de música Spotify, uma das maiores plataformas de streaming do mundo, e, em breve, os novos apps Get In, para reservas em bares e restaurantes, e MobiMax, para assistir TV digital na tela de 10,1 polegadas (com o veículo parado). Além de apps para alimentação, navegação, estacionamento, seguro, pedágio, áudio livros e outros.

O Volkswagen Polo é oferecido nas versões 1.0 MPI (manual), 1.6 MSI (manual e automático), Comfortline 200 TSI (automático), Highline 200 TSI (automático) e GTS 250 TSI (automático) .Nas duas configurações de entrada não há mudanças em termos de equipamentos de série. A opção 1.0 MPI, no entanto, oferece o pacote Connect Pack, que traz: espelhos retrovisores externos com luzes indicadoras incorporadas, regulagem elétrica e função ‘tilt down’ do lado direito; rodas de liga leve de 15 polegadas ‘Design Viper’; e sensor de estacionamento traseiro.

Enquanto a configuração 1.6 MSI com câmbio manual não tem opcionais disponíveis, a opção com transmissão automática pode ser equipada com o pacote Interatividade, que reúne rodas de liga leve de 15 polegadas ‘Design Viper’ e sensor de estacionamento traseiro - itens, aliás, que já são de série na versão manual.

Na configuração Comfortline 200 TSI, além da central de infotainment VW Play, o sistema Kessy também passa a ser de série. Este permite destravar as portas do veículo sem a necessidade de tirar a chave do bolso, mochila ou bolsa, e que impede o travamento da portas, caso a chave seja esquecida no interior do carro. O Kessy também permite a partida do motor por botão. Para a Comfortline não há opcionais.

As versões topo de linha Highline e GTS mantêm os equipamentos e ainda passam a contar com o VW Play. No caso da versão esportiva, as  rodas de liga leve de 18 polegadas e pneus 205/45 R18 continuam sendo oferecidas como opcionais. Na Highline não há opcionais.

Virtus

Assim como o Polo, o Virtus mantém suas versões 1.6 MSI (manual e automático), Comfortline 200 TSI (automático), Highline 200 TSI (automático) e GTS 250 TSI (automático). Na configuração de entrada, o sedã compacto passa a contar de fábrica com regulagem da coluna de direção e descansa braço central (somente para a configuração com transmissão automática). Não há pacotes de opcionais disponíveis. 

Além do VW Play de série, a opção Comfortline tem o pacote de opcionais Comfort Tech, que reúne: controlador de cruzeiro, kessy, sensores de estacionamento dianteiros, indicador de controle da pressão dos pneus, ar-condicionado digital Climatronic, câmera de ré, detector de fadiga, espelho retrovisor interno eletrocrômico, faróis com função Coming & Leaving Home e painel de instrumentos digital Active Info Display, 

Traz ainda porta-luvas refrigerado, ost Collision Brake, revestimento das portas e laterais parcialmente em couro sintético ‘Native’, revestimento dos bancos em couro sintético ‘Native’, rodas de liga leve de 16 polegadas design ‘Avalanche’ com pneus 205/55 R16, sensores de chuva e crepuscular, e volante multifuncional em couro com ‘shift paddles’ e detalhes em black piano. 

Já as versões Highline e GTS continuam completíssimas, com a mesma lista de equipamentos, mas agora com a força da central de infotainment VW Play. E enquanto a Highline não tem pacotes de opcionais, a GTS permite ao proprietário comprar rodas de liga leve de 18 polegadas ‘calçadas’ com pneus 205/45 R18, assim como o Polo GTS.

Assim como o Polo, o Virtus mantém suas versões 1.6 MSI (manual e automático), Comfortline 200 TSI (automático), Highline 200 TSI (automático) e GTS 250 TSI (automático). Na configuração de entrada, o sedã compacto passa a contar de fábrica com regulagem da coluna de direção e descansa braço central (somente para a configuração com transmissão automática). Não há pacotes de opcionais disponíveis.