A Honda lançou nesta quinta-feira (27) o SUV compacto WR-V 2021, que chega às concessionárias em outubro com um novo design, equipamentos inéditos e aprimoramentos em segurança em  todas as versões, dentre os quais controles de tração e estabilidade. Outra novidade é a inédita versão LX, a ser comercializada por LX - R$ 83.400,00, enquanto a configuração EX sairá por R$ 90.300 e a EXL, por R$ 94.700. O modelo, que foi desenvolvido na Tailândia, tem três anos de garantia, sem limite de quilometragem. Seus concorrentes principais são o Volkswagen Nivus, Nissan Kics e o Ford EcoSport.

Na linha 2021, o WR-V ganhou um design ainda mais robusto. Na dianteira, o SUV traz uma nova grade frontal, com desenho horizontal e área cromada mais estreita, valorizando o logotipo da Honda ao centro. Os faróis (nas versões EX e EXL) recebem design renovado e tecnologia de LED. Os faróis de neblina, em todas as versões, ganham uma nova moldura, com lâmpadas em LED na EX e EXL. Todas as versões trazem luzes diurnas de rodagem em LED.

Na traseira, o WR-V tem um novo para-choque, com 67 mm a mais no comprimento,  deixando o visual robusto. O modelo recebe ainda novas lanternas e iluminação em LED (nas versões EX e EXL). O friso superior da placa, antes cromado, agora segue a cor da carroceria. O SUV traz rodas de 16 polegadas, com um novo acabamento escurecido (nas versões EX e EXL), bem  como uma nova cor para a carroceria, o Azul Cósmico Metálico.

Interior
No interior, ass versões LX e EX são equipadas com bancos em tecido, com nova padronagem  e relevo, enquanto a EXL, que possui bancos em couro, traz novas costuras na cor preta. O painel ganha atualizações pontuais nas cores aplicadas, com a utilização de friso do volante e molduras do painel em black piano, com detalhes cromados.

O WR-V traz de série, em todas as versões,  o sistema de bancos Magic Seat, que permite diversas configurações de assentos e a acomodação de objetos de grandes dimensões. Conta com  regulagem de altura e profundidade do volante, bem como do ajuste de altura do banco do motorista.

Na lista de equipamentos, desde a versão LX, o WR-V é equipado com ar-condicionado, direção assistida eletricamente, vidros elétricos nas quatro portas e retrovisores elétricos com setas integradas. O SUV traz ainda imobilizador, sistema de áudio com conexão Bluetooth e câmera de ré integrada, além de tapetes em carpete.

A versão EX possui ar-condicionado digital e automático touchscreen, central multimídia touchscreen de 7 polegadas, com conectividade com os sistemas Apple CarPlay e Android Auto. Traz ainda o apoio de braço no console central, painel bluemeter, volante revestido em couro e controle de cruzeiro.

Na linha 2021, a versão EX também incorpora outras novidades, como os paddle shifts para trocas sequenciais de marchas, sensores de estacionamento traseiros e sistema de áudio com dois tweeters adicionais aos quatro alto-falantes.

Além de todos os itens acima, a versão EXL possui ainda bancos revestidos em couro, navegador GPS integrado ao sistema multimídia, retrovisores eletricamente rebatíveis, sensores de estacionamento dianteiros e espelho interno fotocrômico.

Segurança
A linha 2021 do WR-V marca a introdução de aprimoramentos em segurança, com a adoção dos controles de estabilidade e tração (VSA), assistente de partida em aclive (HSA) e alerta de frenagem emergencial (ESS) em todas as versões, como equipamento de série. O modelo também traz sensor crepuscular, para o acendimento automático dos faróis, com regulagem de altura do facho.

Todas as versões do WR-V trazem airbags frontais, freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem (EBD), além da exclusiva estrutura de deformação progressiva ACE TM (Advanced Compatibility Engineering) e barras de proteção nas portas, garantindo a máxima proteção nas eventuais situações de colisão. A versão EX oferece ainda os airbags laterais, enquanto a EXL oferece seis airbags, com a adição dos laterais do tipo cortina.

Motorização
Nada muda na motorização. O WR-V é equipado com o motor 1.5 16V de até 116 cv  de potência com etanol a 6.000 rpm e 15,3 kgf.m de torque. Quando abastecido com gasolina, são 115 cv a 6.000 rpm e 15,2 kgf.m a 4.800 rpm.

A transmissão é o câmbio automático CVT. Nas versões EX e EXL, o SUV traz Paddle Shifts para trocas de marchas no volante.

Valor de revenda
Recentemente, o WR-V foi reconhecido com o selo Melhor Valor de Revenda 2020, na categoria SUV compacto, em estudo realizado pela Kelley Blue Book Brasil (KBB), empresa de pesquisas especializada na avaliação de automóveis, em parceria com a revista Quatro Rodas.

O estudo indica os modelos que menos desvalorizaram no último ano (2019), ou seja, aqueles que mais preservaram o valor investido pelo proprietário. O WR-V alcançou a melhor marca em sua categoria, com 26%.

O conceito de depreciação adotado no estudo calcula o valor residual do veículo, ou seja, o quanto o modelo custava em uma data específica no passado e o quanto ele custa no presente. Foram considerados os preços dos modelos em janeiro de 2019, de acordo com os valores sugeridos pelos fabricantes, e o preço alcançado 12 meses depois (janeiro de 2020) na hora da revenda.