Após parada causada pela pandemia da Covid-19, a General Motors retomou nesta segunda-feira (18)  a produção de veículos no Brasil, a partir da fábrica de São Caetano do Sul (SP).  O reinício é gradual e exclusivamente para o primeiro turno neste primeiro momento.

O foco da produção na retomada é o Novo Tracker. O SUV, lançado no início do período de quarentena no país,  foi o mais vendido da categoria desde abril. "Estamos atendendo em todo o Brasil através das vendas online pelos sites chevrolet.com.br ou ofertaschevrolet.com.br e nossas lojas estão abertas nas regiões em que há permissão para atuação do comércio", explica Hermann Mahnke, diretor executivo de Marketing da GM América do Sul.

Protocolo

A GM desenvolveu um rígido protocolo de segurança que tem como objetivo manter o novo coronavírus fora de suas instalações, prevenir a propagação do vírus dentro da empresa e gerenciar de forma efetiva casos suspeitos ou confirmados.

Entre as medidas, estão medição de temperatura corporal nas entradas da empresa; uso de máscaras, distanciamento social (incluindo adaptações nos refeitórios e transporte); higienização mais frequente, incluindo superfícies de maior contato, postos de trabalho e ônibus; reforço da necessidade da higiene pessoal básica (higienizar as mãos frequentemente, evitar tocar no rosto, etc); e formulário digital de autodeclaração de saúde, além de monitoramento de casos suspeitos ou confirmados.

- monitoramento constante de casos suspeitos pelo serviço médico, com protocolos de emergência e descontaminação.

"O novo protocolo de segurançaé baseado nas orientações globais da GM e aprendizados que tivemos das nossas operações que já retomaram na China e na Coreia do Sul, e foi testado pelas equipes que estão nas fábricas consertando respiradores", comenta Luiz C. Peres, vice-presidente de manufatura da GM América do Sul.

A GM manterá as outras duas novas atividades do Complexo Industrial de São Caetano do Sul, iniciadas durante a paralisação. O conserto de respiradores segue em operação, bem como a nova linha de produção de máscaras de proteção.