A Fiat lançou o Grand Siena 2020, que chega com novidades em seu design na logomarca FIAT na traseira, grade e molduras do farol de neblina. Os faróis e lanternas agora trazem máscara negra. As calotas também chegam renovadas e o cliente ainda podem incluir rodas de liga leva de 15” (novo item opcional).

O modelo passa a contar também com novas cores: Vermelho Montecarlo (sólida) e Cinza Silverstone (metálica), além das já conhecidas Preto Vulcano e Branco Banchisa (sólidas) e Prata Bari (metálica). O sedã compacto é oferecido somente na versão Attractive,  mas com duas opções de motor, 1.0 (R$ 50.490) ou 1.4 (R$ 55.990).

De série, traz itens como direção hidráulica, ar-condicionado, vidros dianteiros elétricos, travas elétricas, preparação para sistema de som, computador de bordo, porta-malas iluminado com capacidade para 520 litros e Lane Change, que auxilia a condução do veículo na troca de faixas.

Opcionais
Como outros opcionais, os clientes podem optar pelos kits tradicionais Creative 1 (R$ 1.900) e Creative 2 (R$ 2.500) tanto na versão com motor 1.0 como na com motor 1.4. Nessa última, ainda é possível incluir a predisposição para Kit GNV, lançada recentemente, que custa R$ 690.

O Kit Creative 1 tem vidros elétricos traseiros com one touch e antiesmagamento; retrovisores externos elétricos com Tilt Down; banco do motorista com regulagem de altura; acabamento interno em tecido exclusivo; porta-óculos; alças de segurança traseiras e dianteira do lado do passageiro; apoia-pé para o motorista; revestimento interno da soleira; painel de porta em tecido; volante com regulagem de altura; maçanetas e retrovisores externos na cor do veículo; friso cromado na tampa do porta-malas; luz de leitura traseira.

Já o Kit Creative 2 adiciona sensor de estacionamento traseiro; rádio Connect CD MP3/WMA integrado ao painel com RDS, entrada USB, Viva-voz Bluetooth e função Audio Streaming – inclui volante com comandos do rádio e telefone.

Motor
O motor Fire 1.0 que equipa o Grand Siena 2020 desenvolve 73 cv de potência com gasolina e 75 cv com etanol a 6.000 rpm. O torque máximo é de 9,5 kgfm e 9,9 kgfm a 3850 rpm, com os mesmos combustíveis, respectivamente.

Já o Fire Evo 1.4 entrega 85 cv de potência com gasolina e 88 cv  com etanol, ambos os valores a 5.750 rpm. Com os mesmo combustíveis o torque é de 12,4 kgfm e 12,5 kgfm a 3500 rpm.