A partir de outubro, a Chevrolet vai ampliar a oferta de versões do Tracker 2021, que foi lançado em março. Além da versão de entrada e da LT já existentes, o Tracker 1.0 Turbo de 116 cv também será comercializado nas opções de acabamento LTZ e Premier, mais sofisticadas. Os preços não foram divulgados.

Com estas duas novas opções de acabamento, LTZ e Premier, o modelo 1.0 Turbo passa a oferecer itens até então exclusivos do modelo 1.2 Turbo, como sensor de ponto cego, alerta de colisão com assistente autônomo de frenagem, assistente de estacionamento, rodas de 17 polegadas, ar-condicionado digital e acabamento interno premium.

Multimídia MyLink com Wi-Fi e câmera de ré, sistema de telemática OnStar com serviços conectados de segurança e proteção, além do aplicativo myChevrolet app para comandar funções do veículo à distância eram algumas das tecnologias já disponíveis para o modelo.

Outra importante novidade da linha é que o modelo 1.2 Turbo passa a ser ofertado exclusivamente na versão topo de linha Premier, na qual está concentrada quase a totalidade das vendas do SUV da Chevrolet com esta motorização. Motivo: o cliente neste caso está buscando o máximo tanto em performance como em sofisticação.

Além do motor mais potente, o teto solar panorâmico é outra exclusividade do Tracker 1.2 Turbo Premier. Com estas alterações, a gama do produto passa a ter as seguintes versões: 1.0 Turbo MT/AT, 1.0 Turbo LT, 1.0 Turbo LTZ, 1.0 Turbo Premier e 1.2 Turbo Premier.

Vendas
De acordo com a Chevrolet, o Tracker é o SUV que mais cresce em vendas no país. De março até agosto, primeiros seis meses desde a chegada da nova geração do produto, foram registradas 20,9 mil unidades, alta de 145% ante o mesmo período do ano passado. “Nenhum outro sequer se aproximou deste índice, considerando os modelos mais emplacados. Isto porque o Tracker lidera uma verdadeira transformação no segmento. Traz porte de SUV de verdade e oferece tecnologias que tornam o dia a dia bem mais prático e seguro, como o Wi-Fi nativo”, frisa a montadora.

Tanto que a configuração mais completa, a 1.2 Turbo Premier, concentrou logo no início a maior parcela das vendas. Outro destaque está sendo a excelente aceitação das configurações equipadas com o motor 1.0 Turbo, que são as que apresentam o maior ritmo de crescimento. 

"O Tracker 1.0 Turbo surpreendeu em performance e eficiência energética, superando inclusive concorrentes equipados com motores maiores. Além disso, estamos observando grande interesse do mercado por configurações mais equipadas", diz Rodrigo Fioco, diretor de Marketing de Produto da GM América do Sul.