Com 4.717 unidades emplacadas em agosto, a Caoa Chery conquistou, pela primeira vez, a oitava posição no ranking das montadoras nacionais de veículos de passeio, de acordo com a Fenabrave. Com crescimento de 25% em relação a julho e de 189% sobre agosto de 2020, a montadora teve participação de 3,94% no período, considerando apenas automóveis de passeio, além de registrar um novo recorde de vendas.

Com esse resultado, a marca segue com desempenho na contramão da indústria que, novamente, registrou retração nas vendas. Em agosto, conforme dados da Fenabrave,  o mercado brasileiro vendeu pouco mais de 158 mil unidades, o que representa uma queda de 2,1% em relação ao mês anterior e 8,7% menor que agosto de 2020.

De acordo com o CEO da Caoa Chery, Marcio Alfonso, o resultado é ainda mais expressivo ao analisar a performance da marca no varejo. “Hoje, grande parte da indústria tem boa parcela dos seus resultados em vendas diretas, enquanto a Caoa Chery tem seu negócio focado no varejo. Esse é um diferencial da nossa marca e demonstra a nossa capacidade de entregar ao consumidor nacional produtos competitivos e que atendem às suas expectativas”, afirma.

Entre os modelos mais vendidos, destaque para o Tiggo 5x, que teve crescimento de 35% nas vendas em relação ao mês anterior com 1.495 unidades comercializadas. Na sequência, aparecem o Tiggo 8, com 1.383 unidades vendidas e alta de 52,3% e o Tiggo 3x, com 635 emplacamentos e um crescimento de 23,1%. Entre os sedans, o Arrizo 6 registrou 387 unidades emplacadas.

Atualmente,  a marca produz no Brasil os SUV’s Tiggo 5x, Tiggo7 e Tiggo 8 na planta de Anápolis, e os modelos Tiggo 2, Tiggo 3x, Arrizo 5 e Arrizo 6 na fábrica de Jacareí. Além de comercializar o Arrizo 5e, modelo elétrico, importado da China.