A retomada da previsão legal do quinquênio dos servidores da Prefeitura de Goiânia deve custar, em média, R$ 30 milhões por ano aos cofres do município, segundo informações da Secretaria de Finanças. O valor corresponde aos novos benefícios que devem entrar na folha de pagamento do Paço, caso a Câmara de Goiânia aprove projeto de lei que trata sobre o assunto. E...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários