Centro do principal imbróglio envolvendo a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que inclui a Universidade Estadual de Goiás (UEG) nos 25% de vinculação constitucional para a educação, os deputados estaduais Karlos Cabral (PDT) e Virmondes Cruvinel (Cidadania) podem votar favoravelmente à matéria. Os dois tentavam negociar o atendimento de demandas do Sindicato dos T...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários