A possibilidade de filiação do presidente Jair Bolsonaro ao Patriota para disputar as eleições de 2022 está mais remota. A sigla está agora sob o comando de Ovasco Resende, antes vice-presidente da sigla. Ele assumiu o cargo depois de o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) validar, na quarta-feira (7), a convenção nacional do Patriota que decidiu pelo afastamento de Adilson B...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários