Por 26 a 3, a Câmara Municipal de Goiânia derrubou o veto do prefeito Iris Rezende que impedia o reajuste de 4% em seu salário, do vice e dos vereadores. Conforme noticiado pelo Giro, na edição dessa segunda-feira (10), ao vetar Iris alegou que o Legislativo municipal não poderia ter aprovado reajuste salarial para integrantes do Executivo. O ato do peemede...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários