Parlamentares da Câmara de Goiânia comemoraram as nomeações do vereador Wellington Bessa (DC) para a Secretaria Municipal de Educação e de Luan Alves Deodato, filho do vereador Clécio Alves (MDB), na Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), durante a sessão da manhã desta quarta-feira (31).

Os dois estavam presentes na Casa na sessão de hoje. Quem puxou as parabenizações foi o presidente da Câmara, Romário Policarpo (Patriota). Ele chegou a dizer que há muito não pisava na Amma, mas agora seria mais presente com a recente nomeação de Luan.

O filho do vereador Clécio foi nomeado após indicação feita com 34 assinaturas de vereadores da Câmara para que Luan assumisse a Comurg. Seu pai disse que não sabia que a nomeação seria feita na Amma, que em nenhum momento foi conversada essa possibilidade, mas recebeu bem a nomeação. 

O vereador ainda usou da fala para defender que a nomeação de seu filho não foi motivada pelo parentesco que tem. "É porque ele tem competência e preparo", argumentou. O vereador Paulo Henrique da Farmácia (PTC) endossou o discurso: "Também fui filho de parlamentar, sei do preconceito que as pessoas têm, mas o Luan tem competência e comprometimento."

Bessa, que agora deixa a Câmara Municipal de Goiânia, também foi lembrado pelos colegas. O nome dele foi levado pelos vereadores ao prefeito Rogério Cruz (Republicanos). 

Os vereadores também aproveitaram para cumprimentar Rafael da Saúde (DC), que ficou como suplente na eleição de 2020 e agora assume a cadeira de Bessa na Câmara Municipal. A posse dele ocorre ainda na sessão desta quarta (31).

O tom da Câmara estava bem diferente de uma semana atrás, quando vereadores usaram dos espaços de fala e da tribuna para criticar a reforma do secretariado, iniciada por Rogério Cruz para contemplar o Republicanos na administração. 

Um dos que criticaram na semana passada foi Ronilson Reis (Podemos), que hoje integrou o grupo que comemorou as nomeações de Luan e Bessa.