O vereador Lucas Kitão (PSL) deve apresentar, na segunda-feira (23), um requerimento solicitando à prefeitura de Goiânia que suspenda a cobrança do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) e Imposto Territorial Urbano (ITU) por 60 dias, devido à crise do novo coronavírus.

De acordo com o texto, seria permitido às pessoas não pagarem os dois impostos, sendo suas parcelas diluídas futuramente, sem a a cobrança de juros e multas. Quem parcelou os impostos, em fevereiro, deve pagar as parcelas até o dia 20 de cada mês.

Segundo Kitão, a medida atende àquelas pessoas que estão com suas rendas prejudicadas devido às medidas de contenção da doença, que preveem, por exemplo, o isolamento social e o fechamento de empresas de vários segmentos.

Este é o segundo requerimento a ser apresentado na Câmara de Goiânia neste sentido. Na semana passada, o vereador Zander Fábio (Patriota) protocolou proposta semelhante, pedindo também a redução ou anistia do Imposto Sobre Serviços (ISS) para profissionais autônomos.

Outros municípios já tomaram medidas neste sentido, caso, por exemplo, de Trindade, que adiou os prazos de vencimento de IPTU e ITU em 30 dias. Os impostos, segundo o prefeito Jânio Darrot (PSDB), venceriam em 30 de março e, agora, devem ser pagos até 30 de abril.