Acatando o voto do ministro Marco Aurélio Mello, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou dois agravos regimentais que questionavam o deferimento da candidatura de Jardel Sebba (PSDB) à prefeitura de Catalão. Sebba foi eleito em outubro do ano passado, em meio a questionamentos por ter sido condenado por estelionato pelo Tribunal Regional Federal da 1° Região (TRF-1). O...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários