Por unanimidade, os desembargadores da 6ª Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região decidiram pela prescrição de ação de danos morais de Orlando Lovecchio Filho, que perdeu a perna em atentado terrorista, durante a ditadura militar. Ele argumentava à Corte que seus algozes, ligados a guerrilhas urbanas de esquerda, ganham uma pensão três vezes maior que a dele. P...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários