A médica infectologista Luana Araújo disse nesta quarta-feira (2) à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid no Senado não saber os reais motivos que levaram ao cancelamento da sua nomeação para a Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 no Ministério da Saúde. Após ter sido anunciada pelo ministro Marcelo Queiroga, ela foi informada dez dias depois q...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários