Ao ser indagado por vereadores nesta sexta-feira (8) sobre o aumento do número de contratos sem licitação da Prefeitura de Goiânia, o prefeito Rogério Cruz (Republicanos) disse que mantém aqueles que são considerados “legais” e que suspendeu os processos questionados pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO). O POPULAR mostrou na segunda-feira, no Giro, o salto de 85,6...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários