O TCU (Tribunal de Contas da União) concluiu a investigação interna sobre a atuação do auditor Alexandre Figueiredo Costa Marques no episódio que levou o presidente Jair Bolsonaro a mentir sobre as mortes por Covid-19 no país. O auditor infringiu a lei e sabia dos riscos de uso político do documento que produziu. A pena aplicada, porém, foi apenas uma suspensão por 4...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários