O STF (Supremo Tribunal Federal) retomou nesta quinta-feira (8) o julgamento da liberação de cultos, missas e encontros religiosos durante a fase mais grave da pandemia. No último sábado (3), às vésperas da Páscoa, o ministro Kassio Nunes Marques autorizou, individualmente, a celebração religiosa presencial, com argumento de garantir a liberdade religi...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários