Apesar da pressão de servidores da Saneago, que lotaram a galeria da Assembleia Legislativa ontem, o projeto que altera a Lei 6.680/1967 e autoriza o Estado a vender até 49% das ações da estatal foi aprovado em primeira votação. A sessão foi marcada pelo embate entre deputados governistas e da oposição em meio a aplausos e vaias dos servidores que acompanharam a votação. ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários