Atualizada às 20h01 Com 44 votos contra e 14 a favor, foi rejeitado, nesta quarta-feira (30), o pedido de votação em caráter de urgência, no Plenário do Senado Federal, o pacote de medidas anticorrupção. Com a decisão, a medida segue para avaliação da Comissão de Constituição e Justiça. A urgência era um pedido do presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários