Os deputados estaduais aprovaram nesta quarta-feira (25), com 27 votos favoráveis e o voto contra de Álvaro Guimarães (DEM), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do presidente da Casa, José Vitti (PSDB), que prevê a regularização de instituições religiosas construídas em áreas irregulares. A matéria, que agora será promulgada pela Assembleia Legislativa de Goiás, estab...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários