Tramita na Câmara dos Deputados um projeto que promete causar muita polêmica. A proposta quer transformar em infração gravíssima, com 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o transporte de pessoas alcoolizadas ou sob o efeito de qualquer substância psicoativa no banco do carona de um veículo.

 

Além da infração gravíssima, o projeto prevê multa e retenção do veículo. O deputado federal e autor da proposta, Flavinho (PSB-SP), defende que a medida visa evitar que a condução do veículo seja afetada por terceiros. “O intuito é garantir a segurança do motorista ao impedir que a condução do veículo seja afetada pela euforia de terceiros”, defende o deputado.

O político fez uma publicação sobre o assunto em seu perfil no Facebook no dia 20 de abril. A postagem já tinha 33 compartilhamentos e mais de 30 comentários contra e a favor da medida.