Quase quatro meses após emitir decreto para estabelecer política de governança e compliance público, a Prefeitura de Goiânia vai adotar um sistema de controle interno de contratos que é utilizado hoje pela Presidência da República. A controladora-geral do Município, Aline Espírito Santo Ribeiro, diz que o objetivo é identificar possíveis irregularidades com antecedênci...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários