Decreto do prefeito de Luziânia, Cristóvão Tormin (PSD), exonerou todos os servidores comissionados e que exercem funções gratificadas no Executivo municipal. O decreto está em vigor desde 31 de agosto e também retira as gratificações concedidas aos servidores que exerciam cargos de direção, chefia ou assessoramento.O POPULAR procurou tanto Tormin quanto a assessoria d...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários