O prefeito de Campos Verdes e presidente da Federação Goiana dos Municípios (FGM), Haroldo Naves (MDB), foi condenado por ato de improbidade administrativa por atuação com funcionário fantasma enquanto funcionário público do Estado de Goiás, no ano de 2007. Ação Civil Pública, ajuizada pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO), afima que Naves era funcio...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários