Pré-candidatos à Presidência da República reagiram às declarações do comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, de “repúdio” à impunidade e que o Exército está “atento às suas missões institucionais”. A maioria dos presidenciáveis saiu em defesa da democracia, mesmo sem citar diretamente o general, e alguns chegaram a dizer que a fala de Villas Bôas foi uma “a...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários