A Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás (SSP-GO) anunciou, no fim da noite desta segunda-feira (31), que o policial militar que prendeu o professor de história e secretário estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), Arquidones Bites Leão, em Trindade, foi afastado do cargo. De acordo com a nota, o agente irá responder a um inquérito policial e procedimento d...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários