Uma placa aterosclerótica (gordura e outras substâncias) em uma das artérias coronárias é apontada pela cardiologista Ludhmila Abrahão Hajjar como a provável causa da dor no peito que levou o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), ao hospital ontem. A médica disse ao POPULAR que Caiado passou por novo cateterismo na manhã desta quinta-feira (10), no Hospital Sírio-...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários