O presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse nesta sexta-feira, 6, que um procurador-geral da República "não pode focar só na corrupção". "É questão ambiental, direitos humanos, minorias. Tem a ver indiretamente com a economia. Essa é a intenção", disse. A declaração de Bolsonaro foi resposta a pergunta de um apoiador que o esperava na entrada do Palácio da Alvorada, r...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários