A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da reforma da Previdência estadual não pode mais ser votada neste ano. Isso porque, embora tenha sido enviada pelo governo à Assembleia Legislativa no final de outubro e lida em plenário em 13 de novembro, a proposta ainda não foi enviada à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Com isso, o prazo que a matéria precisa aguarda...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários