Presidentes de sindicatos voltaram a criticar o pagamento do salário fora do mês trabalhado e a falta de divulgação de cronograma relacionado à folha de dezembro. Nylo Sérgio, do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado de Goiás (Sindipúblico), afirma que a situação cria relação de insegurança entre servidores e Estado. “O governador Ronaldo Caiado disse q...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários