O presidente Jair Bolsonaro fez duras críticas ao Mais Médicos e aos cubanos durante o lançamento do programa Médicos pelo Brasil, que o substituirá. Em cerimônia do Palácio do Planalto nesta quinta-feira (1º), o presidente afirmou que o objetivo do programa criado em 2013 pela então presidente Dilma Rousseff era formar “núcleos de guerrilha no Brasil”. “Se os cub...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários