Num sinal de que tenta se credenciar como opção de partido para Jair Bolsonaro, o Patriota começou o processo de expurgo de seus filiados que são críticos ao presidente. O primeiro passo foi dado na última segunda-feira (29), com a expulsão do vereador Fernando Holiday pelo diretório municipal paulistano da legenda. A justificativa oficial foi a recusa de H...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários