Aprovados a toque de caixa na semana passada, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Orçamento de guerra e o auxílio complementar a afetados pela crise do coronavírus emperraram no Congresso, em meio a divergências dos parlamentares sobre as medidas.Na Câmara, o próprio presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) passou o fim de semana analisando a ajuda aprovada no Sen...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários