Alvos da Operação Gaugamela, do Ministério Público de Goiás, o superintendente executivo e o chefe de Gabinete da Secretaria Estadual do Governo (Segov), Jorge Saad Neto e Luis Gustavo Nunes de Araújo, foram afastados dos cargos. A informação é de nota oficial da assessoria do secretário Ernesto Roller, ex-prefeito de Formosa, que completa que eles "entregaram os cargos a...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários