A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) obteve uma liminar que permite a abertura dos escritórios de advocacia, ao contrário do que determina o novo decreto de isolamento da Prefeitura de Goiânia, publicado ontem. Entre as alegações aceitas pela Justiça está o fato de que a classe advocatícia é reconhecida como indispensável, os prazos processuais não estão suspensos e...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários