O projeto de lei que altera o Estatuto do Servidor Público foi aprovado em segunda e última votação no sábado (21), na Assembleia Legislativa. A matéria traz uma série de mudanças, entre elas, substitui a licença-prêmio pela licença para capacitação, aumenta a licença-paternidade de cinco para 20 dias, e não prevê o quinquênio, reajuste que era concedido ao servido...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários