Presidente do MDB goiano, Daniel Vilela disse, neste sábado (2), que já era chegada a hora do partido "romper com dogmas que não estavam fazendo bem", ao citar a decisão de se aliar ao governador Ronaldo Caiado (DEM) em 2022. "Não podíamos continuar com essa ideia de que, independente de ganhar ou de perder, o partido tem que ter candidatura a qualquer custo", acrescentou e...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários