O PT reagiu à decisão da juíza Carolina Moura Lebbos, da 12º Vara Federal de Curitiba, que não permitiu a visita de dois médicos ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso na capital paranaense desde o último dia 7 de abril. Em nota assinada pela presidente nacional do partido, senadora Gleisi Hoffmann (PR), e pelos líderes da legenda na Câmara, Paulo Piment...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários