“Querem me mandar embora já há algum tempo. Já estou pronta. Não faço a menor questão”, diz a atual presidente da Goiás Previdência (Goiasprev), Marlene Vieira, sobre projeto do governo que deve alterar a estrutura do órgão, acabando com seu mandato e mudando a forma de escolha da diretoria. Ela está à frente da empresa desde 2010. Porém, Marlene foi ontem à Assembleia Leg...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários