Um dia depois do anúncio da saída dos três comandantes das Forças Armadas, o vice-presidente da República, general Hamilton Mourão (PRTB), negou nesta quarta-feira (31) saber o que levou às demissões no Exército, na Marinha e na Aeronáutica. "Não conversei com ninguém. Procurei me manter fora disso." Mourão defendeu que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem a ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários