O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO), através da promotora Carmem Lúcia Santana de Freitas, pede o bloqueio de todas as contas do Estado pra pagar o salário de dezembro dos servidores. Segundo a ação o bloqueio é de mais de R$ 763 milhões, que seria suficiente para o pagamento dos servidores ativos e inativos do Estado, que ainda não receberam sua remune...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários