A qualidade do serviço de distribuição de energia prestado pela Enel em Goiás e as dificuldades para a liberação de novas cargas é alvo de mais uma ação civil pública do Ministério Público de Goiás (MP-GO). Dessa vez, a promotora de Justiça Maria Cristina de Miranda solicitou a adoção de medidas operacionais que reflitam na melhoria do fornecimento. No mérito da ação pr...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários