O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou ao Estado que a ‘pensão’ mencionada quando concedeu sua entrevista coletiva de despedida da pasta foi um pedido feito quando recebeu convite para o cargo, para que, caso fosse assassinado pelo crime organizado, sua família ‘não ficasse desamparada’. Na entrevista desta sexta, 24, Moro a...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários