A ministra Damares Alves (Direitos Humanos) afirma ter pedido que a Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos atue com relação a um vídeo em que o coordenador nacional do MBL (Movimento Brasil Livre), Renan Santos, diz que uma amiga poderá ser estuprada. O vídeo foi divulgado em redes sociais bolsonaristas neste domingo (12), mesmo dia em que o MBL organizou um ato...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários