Em sessão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) nesta quinta-feira (8), o ministro Marco Aurélio fez crítica ao desembargador Kassio Marques. Disse que o magistrado se “autoconcedeu” o título de desembargador. Marques foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro à vaga de Celso de Mello no STF (Supremo Tribunal Federal), que antecipou sua aposentadoria para 1...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários